sábado, 29 de janeiro de 2011

bocejo

Estava no primeiro banheiro às dez da manhã, resignada para produzir, e ouvi alguém nas imediações gritar: trabalhar, porra! Trabalhar, caralho! Parecia bêbado, e parecia do prédio vizinho. Todas as pessoas do prédio vizinho vivem bêbadas.
Então duvidei: será por isso que as pessoas nas obras (o grito pode também vir da obra) fazem reformas que não seriam capazes de fazer na própria casa? Porque não tem ninguém gritando: trabalhar porra? Será por isso que eu?

Sem comentários: