sexta-feira, 16 de abril de 2010

quantos? cena 11

Manu 2 abre a sacolinha. De dentro, saca o poema impresso com cara de cartilha.

Lê.


MANU 2: Porque uma vez eu soube e não acreditei,
porque parei o choro quando levantei,
porque ninguém sabia onde eu estava,
eu enfrentei sozinha a minha juventude.
Porque não sou a mancha que me ameaça,
porque eu sou a mulher que me ama mais,
eu me recuso e eu não vou morrer de Aids.

Mãe acha lindo como se nunca tivesse ouvido.

Mãe aceita o remédio.


----------.

Sem comentários: